piano

Aulas terão início em setembro e serão ministradas remotamente durante o período emergencial de pandemia

O Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade Estadual de Maringá (UEM) vai abrir inscrições no dia 17 de agosto para a seleção de alunos não-regulares nas disciplinas eletivas do curso de mestrado oferecidas pelo PMU para o segundo semestre de 2020.

O prazo terminará no dia 20 de agosto e os candidatos poderão se inscrever nas duas disciplinas eletivas disponíveis, a de “Tópicos Especiais em Criação Musical” (30 horas; 3 vagas) e a de “Tópicos Especiais em Interpretação e Práticas da Performance I” (30 horas; 3 vagas).

O período de 17 a 20 de agosto se refere a primeira etapa de seleção, na qual deverá ser entregue pelo e-mail “Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.” uma única mensagem com o assunto “Inscrição como aluno não-regular no PMU””, contendo, como anexos, em formato de arquivo PDF, o Formulário de Candidatura preenchido e assinado; a cópia do Currículo Lattes atualizado; e a Carta de Intenção, que exponha a razão do interesse em cursar a disciplina ou as disciplinas escolhidas.

A coordenação do PMU e os professores das disciplinas irão fazer a análise dos currículos dos candidatos para emitir, no dia 21 de agosto, um edital com a listagem das pessoas aceitas para inscrição como aluno não-regular.

Os critérios de seleção serão determinados exclusivamente pela direção do Programa e pelos professores de cada disciplina ofertada. A base da escolha vai ser a análise dos documentos exigidos no art. 3º do Edital nº 007/2020.

Apenas os candidatos selecionados no edital de 21 de agosto deverão dar procedimento à confirmação e efetivação da inscrição como aluno não-regular, a serem efetuados exclusivamente nos dias 24 e 25 de agosto. O procedimento precisa ocorrer mediante a inscrição no sistema online SGIPOS e o envio ao e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. também de uma única mensagem com o assunto “Efetivação de inscrição como aluno não-regular no PMU”.

A documentação mandada pelo e-mail reunirá a Ficha de Inscrição gerada pelo SGIPOS, devidamente preenchida e assinada; a imagem de uma foto 3x4 recente; a cópia do diploma ou certificado oficial de conclusão de curso de graduação; ou declaração de que esteja cursando o último ano da graduação na UEM, fornecida pela Diretoria de Assuntos Acadêmicos (DAA) ou pelo coordenador do respectivo curso; a cópia do histórico escolar referente ao curso de graduação; a cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento; as cópias do RG e do CPF, ou equivalente oficial (RNE) no caso de estrangeiros; e a cópia do comprovante de pagamento de taxa de inscrição no valor de R$ 120,00 ou a declaração de que é isento de pagamento da taxa.

A taxa de inscrição deverá ser paga somente por meio do boleto bancário emitido pelo site da Diretoria de Contabilidade e Finanças (DCF)/UEM, informando-se o código de recolhimento 5500. O boleto bancário gerado pelo sistema poderá ser quitado em qualquer agência bancária até a data do vencimento.

As aulas terão início em setembro de 2020 e, durante o período emergencial de pandemia, serão ministradas remotamente por meio de plataformas digitais de videoconferência

Outras informações a respeito do processo seletivo no site, telefone (44) 3011-4092 ou e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Marcus 

Professor Marcus bittencourt, coordenador do Programa de Pós-Graduação em Música da UEM

 

Sobre o PMU

Coordenado pelo professor Marcus Alessi Bittencourt, o Programa de Pós-Graduação em Música da UEM, criado em 2019, tem como área de concentração a “Práxis e Epistemologia da Música”. Esta área direciona o PMU para o desenvolvimento de habilidades investigativas e senso crítico, itens imprescindíveis para a produção científica e artística, assim como atuação no ensino musical.

O Programa fundamenta-se na articulação entre a prática artística-musical, o estudo do conhecimento da música e as múltiplas formas de ensino e aprendizagem musical.

As práticas musicais geram a construção de um arcabouço de concepções teóricas a respeito da música e estas concepções igualmente têm o poder de informar e dirigir o desenvolvimento e a transformação dessas práticas. 

Neste sentido, a práxis, entendida como a ação de produção dos diferentes fenômenos musicais, abordada enquanto objeto de pesquisa, possibilita a construção de um conjunto de reflexões teóricas que pretende superar a prática não reflexiva. 

Além do mais, a epistemologia da música, entendida como o estudo do conhecimento musical em sua multiplicidade de concepções, igualmente abordada enquanto objeto de pesquisa, deve permitir um pensar musical que se articule com a prática.

Nessa direção, o PMU abrange a compreensão das diferentes relações entre o homem, sua práxis musical e as diferentes formas de ensinar e apreender o conhecimento musical. Portanto, pretende ser um espaço de convergência das práticas, dos conhecimentos e dos processos de ensino e aprendizagem da música, funcionando como uma alavanca para a verticalização do conhecimento, responsável pela expansão e fortalecimento do trabalho científico, artístico e educacional no campo musical.

As investigações a serem produzidas no âmbito do PMU deverão refletir a preocupação em provocar o envolvimento da pesquisa em música com os fenômenos sociais.