livro do Thomas

Obra visa a reavaliação do papel da cultura islâmica no desenvolvimento das regiões consideradas europeias

Escrito pelo professor aposentado da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Thomas Bonnici, o livro " Fontes textuais árabes da Sicília muçulmana" tem a pretensão, segundo palavras do autor, "pela primeira vez no Brasil, de apresentar seis textos coevos (contemporâneos), originalmente escritos em árabe, de autores que descreveram a Sicília e adjacências entre 988 e 1185 EC".

A sinopse da obra sustenta que, por longos anos, a Sicília e o sul da Itália foram considerados regiões periféricas na historiografia da Europa medieval, mais ainda para o período islâmico entre 827 e 1250 DC. 

Essa atitude causou uma grande escassez de investigações acadêmicas mesmo por historiadores sicilianos. Embora sempre houvesse autores que focalizaram também aspectos do Emirado da Sicília, como Tommaso Fazello, Rosario Gregorio e Bartolomeu Lagumina, somente a partir de Michele Amari, com sua monumental obra de tradução de textos árabes sobre a Sicília, na segunda metade do século 19, que houve um despertar para o período islâmico siciliano.

Entre os historiadores brasileiros, poucos são aqueles que salientam o período islâmico siciliano como um tempo de importante desenvolvimento em administração, cultura, pluralismo, comércio a longa distância e intensa conexão entre o universo muçulmano, o império bizantino e a Europa cristã. 

Bonnici assegura que os seis textos apresentados no livro pretendem colocar num patamar científico a reavaliação e a revalorização do papel do sistema europeu medieval e o papel da cultura islâmica no desenvolvimento das regiões consideradas europeias.

Com preço de capa a R$40,00, o livro pode ser adquirido com o autor pelo e-mail "Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo." ou pelos telefones (44) 3263-1291 e (44) 9 99627016.