Tools

ilg novos chefes

Professor do idioma alemão, Adriano Steffler foi escolhido para a chefia; posse será em fevereiro

O Instituto de Línguas (ILG) da Universidade Estadual de Maringá terá nova diretoria a partir de fevereiro de 2020, conforme resultado da eleição para escolha dos dirigentes, ocorrida no último dia 25 de novembro, com a participação de agentes universitários e professores do setor.

Professor de alemão, Adriano Steffler foi eleito o chefe do ILG, enquanto que os professores Marluci Muniz Ritondim (inglês) e Elerson Cestaro Remundini (inglês) foram eleitos, respectivamente, coordenadora pedagógica e coordenador técnico (foto acima).

O mandato deles terá início no próximo dia 1º de fevereiro e se estenderá até o dia 31 de janeiro de 2022. Steffler já vem exercendo a chefia há cerca de dois meses após ser nomeado em substituição a professora Cristina Mott Fernandes, que se aposentou no dia 1º de outubro deste ano.

Criado em agosto de 1969, o Instituto de Línguas da UEM surgiu com o objetivo  de  oferecer  cursos  de  idiomas à comunidade universitária (docentes, funcionários e acadêmicos) e à  comunidade externa.  

No início era ligado à Reitoria e desde 1984 passou a pertencer à então Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (PEA), hoje Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PEC).

Atualmente, oferece cursos regulares de Inglês, Francês, Alemão, Italiano e Espanhol  às comunidades universitária da UEM  (acadêmicos, docentes e funcionários) e maringaense, além  de cursos de conversação e serviços de tradução/versão em inglês. 

Referência no ensino de idiomas, o Instituto de Línguas completou 50 anos de existência em agosto de 2019. São em torno de 7,3 mil alunos formados até o momento, muitos dos quais se tornaram profissionais de diversas áreas, inclusive de docência.

uem tv