Tools

2019 06 24 Reuniao Comando de Greve 3570Reitor informa que CEP irá deliberar sobre o calendário acadêmico na sexta-feira

A Administração Central da Universidade Estadual de Maringá reuniu-se, na tarde desta quarta-feira (26/06), com o comando de greve que notificou oficialmente a Reitoria sobre a deflagração da paralisação por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em Assembleia Geral Unificada realizada  hoje pela manhã no Restaurante Universitário da UEM.

Uma das principais deliberações apresentadas pelo comando, discutida em Assembleia, foi quanto a suspensão imediata do calendário acadêmico. Sobre este assunto o reitor Julio Cesar Damasceno informou que o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEP) já foi convocado para discutir e votar a matéria. A reunião está marcada para sexta-feira (28/06), às 14 horas, no auditório do Bloco C-34.

Vestibular e HU

A manutenção das provas do Vestibular de Inverno 2019 foi outro tema discutido durante a reunião desta tarde. O presidente do Sinteemar, José Maria de Oliveira Marques, e o presidente da Sesduem, Edmilson Aparecido da Silva, adiantaram que, durante o período de paralisação, qualquer atividade a ser realizada nos câmpus da Universidade será submetida para avaliação do comando de greve.

Assim, a Reitoria encaminhou ofício formalizando o pedido para que as provas do Vestibular de Inverno possam ser aplicadas nos dias 14 e 15 de julho, conforme programado.

Damasceno adiantou que outras solicitações deverão ser encaminhas ao comando. Um pedido já em curso diz respeito ao atendimento no Hospital Universitário. A superintendência do HU deve enviar oficio para garantir a manutenção da normalidade no atendimento do hospital.

O comando de greve também pediu apoio da Reitoria ao movimento. Damasceno reforçou a solidariedade à decisão de paralisação, reconhecendo a  legitimidade das reivindicações dos docentes e agentes universitários. E se dispôs a intermediar as negociações com o Governo do Estado.