Tools

CAPACITACAO DOACAO DE ORGAOS

A iniciativa é da Superintendência do Hospital

Cerca de 30 profissionais participaram, nesta quarta-feira (26), da capacitação Rotinas e serviços relacionados ao processo de doação de órgãos e tecidos para transplantes. A iniciativa do Hospital Universitário Regional de Maringá (HUM) faz parte do Programa de Treinamento Anual da Comissão Intra Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (Cihdott), do HUM.

Participaram do evento profissionais de Psicologia e Serviço Social do Hospital Universitário. O objetivo foi sensibilizar os servidores que atuam no atendimento a pacientes críticos e acolhimento dos familiares para uma assistência humanizada e acolhedora. O conteúdo do curso também procurou tornar esses profissionais mais capacitados para esclarecer dúvidas, auxiliar e possibilitar a doação de órgãos.

Uma das palestrantes e coordenadoras da capacitação, a enfermeira da Cihdott Rosane Almeida de Freitas, chamou atenção para o fato de que o processo que envolve a doação é um trabalho complexo. “Precisamos estar atentos aos prontuários, às situações do cotidiano do hospital e desenvolver a capacidade de lidar com as famílias que estão com parentes em estado crítico. Isso ocorre de manhã, à tarde, de madrugada. É um trabalho árduo, que demanda muita energia dos profissionais de saúde.”

A outra palestrante e coordenadora do evento, a psicóloga Aline Santti Valentim, que é também membro da Cihdott, lembrou, no entanto, que esse universo tem um lado positivo. “A gente pode dar conforto a uma família a partir da abordagem correta daquela que está perdendo um ente querido. Por isso, estamos aqui conversando sobre o tema. Esse é um trabalho muito importante, que precisa da ajuda do maior número de pessoas do Hospital”.

A programação do evento começou às 13h30 e foi até 17h30, no auditório do HUM. A organização ficou a cargo da Superintendência do Hospital, a qual a Cihdott é vinculada.

uem tv