Tools

Leandro Vanalli

O professor Leandro Vanalli assumiu o cargo de diretor-presidente

Desde o último dia 23 de março, a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Científico (Fadec) tem nova diretoria Executiva, com o professor Leandro Vanalli, do Departamento de Tecnologia, atual diretor do Centro de Tecnologia (CTC) no cargo de diretor presidente.

A diretoria executiva foi eleita pelo Conselho Superior da Fadec, conforme prevê o Estatuto, e será responsável pelas atribuições administrativas e operacionais da Fundação para o biênio 2019-2021. 

A escolha do integrantes da diretoria Executiva se dá entre os professores da UEM. Estes diretores trabalham de forma voluntária, sem qualquer remuneração.

A Fundação, por sua natureza, é uma pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, instituída por professores da Universidade no dia 16 de outubro de 1989. É regida por estatuto próprio e tem como objetivo contribuir com o desenvolvimento da ciência e da tecnologia, a partir de articulações com entidades públicas ou privadas, nacionais ou estrangeiras, por meio de parcerias, contratos ou convênios, para a execução de programas de pesquisa, prestação de serviços e extensão, além de atividades de formação e aperfeiçoamento. 

O Conselho Superior, responsável pela direção da Fadec, é formado por representantes da administração superior da UEM, dos instituidores da Fundação e da comunidade local e regional. A presidência do Conselho passou a ser exercida pelo professor Roberto Kenji Nakamura Cuman, do Departamento de Farmacologia e Terapêutica (DFT), atual diretor do Centro de Ciências da Saúde (CCS). 

Junto ao Conselho Superior trabalha a Diretoria Executiva e o Conselho Fiscal, de forma que as suas atribuições sigam toda a tramitação prevista por Lei.

A entidade está aberta a todos os departamentos e unidades da UEM para o desenvolvimento de atividades de interesse da Instituição no trabalho em parceria. Além de apoiar os projetos, faz a gestão financeira/administrativa destes programas, por meio da simplificação de procedimentos burocráticos e do processo decisório, respondendo pela viabilização de todos os projetos desenvolvidos sob sua responsabilidade. 

Agilidade

Fadec Fachada 1

Pelo fato de ser uma Fundação, há uma simplificação de procedimentos burocráticos e do processo decisório na Fadec, sendo dispensados os processos de licitação, exceto na administração de recursos oriundos de órgãos públicos. Tal peculiaridade consegue dar maior agilidade aos esforços de captação de recursos para a UEM, viabilizando maior número de projetos.

A administração dos recursos é feita de forma transparente. A entidade está sujeita à fiscalização do Ministério Público, para o qual é submetida a prestação e aprovação anual das suas contas. Além disso, toda vez que administra recursos públicos, a Fadec apresenta os demonstrativos aos Tribunais de Contas do Estado e da União.

Até hoje, a Fundação viabilizou 471 projetos de parcerias com a universidade, o que inclui doze concursos, 169 cursos de especializações; 1 de mestrado, 1 de doutorado, 126 eventos; 63 projetos de Extensão; 1 patrocínio para infraestrutura e 45 projetos de Pesquisa.

A Fadec funciona no Bloco 36, que fica atrás da Capela e ao lado do prédio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. O espaço, com cerca de 400 m², foi construído com recursos próprios e é fruto de uma cessão de uso, aprovada pelo Conselho Universitário.

Além de Vanalli, a diretoria executiva congrega o professor Ademir Massahiro Moribe, do Departamento de Ciências Contábeis (DCC), diretor financeiro; a professora Gisella Maria Zanin, do Departamento de Engenharia Química (DEQ), diretora Científica; e o professor Ferenc Istvan Bánkuti, do Departamento de Zootecnia (DZO), diretor administrativo.

Outras informações pelos telefones (44) 3011-4462 e 3011-4446 ou e-mail "Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.". O site www.fadec.org.br está em reformulação